20
ago

Identidade Visual: padronizar é a primeira regra

Muito se fala da importância da identidade visual, a padronização dos elementos e a utilização de cores nos materiais gráficos ajudam a reforçar a imagem da identidade da empresa.
Para manter o padrão da empresa em todos os materiais é necessário ter um padrão de cores e tamanhos. Torna-se necessário a utilização de um manual de identidade visual, neste manual ficaram contidas as informações como tipografia, padrões de cores, aplicação de logomarca entre outros aspectos relevantes para a marca.
Um bom exemplo da padronização são as redes franquiadas, independente do lugar que você visitar seja no Brasil ou no exterior verá tudo da mesma forma, mesma utilização de cores, mesmo layout, mesmo processo de atendimento, isso faz com que a imagem da identidade visual da marca seja uma só.
A identidade serve para que os consumidores do produto ou da marca possam identifica-la em uma imagem, layout ou cor predominante, para que quando pensar na marca possa vir a sua mente a imagem da empresa.
Sendo assim ela deve traduzir objetivamente o que uma empresa deseja transmitir para seu publico. Vale lembrar que se pode transmitir emoções através de cores e utilizações de linhas e desenhos, existem também as cores quentes e frias e entre elas várias interpretações e significados.
Concluindo desta forma que se faz necessário uma identidade visual bem elaborada, pois agrega valor e permanece na lembrança do publico – alvo.